As 4 Peças do Coaching de Sucesso

Tempo de leitura: 22 minutos

Bruno Juliani, fundador da Abracoaching, apresenta a Jornada do Coaching de 6 a 18 de julho de 2017. Nesse workshop, ele vai mostrar as quatro peças necessárias para aqueles que desejam fazer parte do mundo do coaching. Veja como é possível sair do zero, mesmo sem ter a mínima ideia do que é coaching. Saiba como atuar profissionalmente com ganhos de R$ 100, R$ 200 ou mesmo R$ 300 por hora para ajudar a si mesmo e às outras pessoas a alcançarem seus objetivos pessoais e profissionais.

COACHING: UMA PROFISSÃO GRATIFICANTE, FLEXÍVEL E BEM REMUNERADA

Coaching

Que tal ter um profissão onde é possível ganhar R$ 400 a R$ 800 por dia – ou até mais – e escolher quando você vai trabalhar? Que tal ter o poder de escolher se você irá trabalhar no escritório ou no conforto de sua casa e ainda saber que foi o responsável por mudanças espetaculares na vida de outras pessoas e ainda ser muito bem pago por isso?

Embora pareça bom demais para ser verdade, foi o que ocorreu com Bruno Juliani, coach de coaches, que saiu do zero e fez R$ 82.500,00 só nos primeiros seis meses de seu trabalho com coaching. Uma média de R$ 13.750,00 por mês.

Fora isso, ele já ajudou centenas de coaches iniciantes a ganharem até mais do que ele mesmo ganhou quando começou. Tudo isso por meio das quatro peças que transformam pessoas comuns em coaches profissionais.

A PROFISSÃO PARA AJUDAR VOCÊ E OS OUTROS A CONCRETIZAREM SEUS SONHOS

Se você gostaria de obter resultados para você e para sua vida; se deseja se tornar um coach profissinal, ajudar a transformar a vida das pessoas e ainda ser muito bem pago por isso; se você acredita, no fundo do seu coração, que pode contribuir com as pessoas, desde que tenha acesso ao treinamento certo para isso, então continue com a leitura a seguir.

O coaching é uma forma fantástica de alcançar sua realização profissional, contribuir com a realização de milhares de pessoas e finalmente encontrar a profissão dos seus sonhos, onde você será muito bem pago para ajudar os outros a alcançar qualquer objetivo que eles tenham nas suas vidas.

Não estamos dizendo que as outras profissões não trazem realização profissional, mas é difícil encontrar uma profissão que oferece a flexibilidade para você trabalhar onde e quando e ainda o poder de contribuir para que outras pessoas alcancem os seus objetivos de vida mais elevados.

O QUE É COACHING?

Avô vovô e neto netinhoProvavelmente, você já experimentou coaching em sua vida. Se você possui ou já ouviu falar daquele avô ou de uma pessoa mais velha da família onde os outros vão buscar conselhos, aquele ou aquela onde todos buscam um ombro para contar as suas dificuldades, para pedir ajuda, então você já sabe o que é coaching, mesmo que intuitivamente.

Essa é uma forma simples de ilustrar, de certo modo, o que é um coach. Talvez isso já tenha acontecido com você, quando as pessoas naturalmente te procuram para falar sobre a vida delas, contar os problemas delas e os objetivos que elas querem alcançar.

O COACHING É O MÉTODO PARA DIRECIONAR AS PESSOAS AO SEU PRÓXIMO NÍVEL DE RESULTADOS

Se isso já aconteceu com você, então você sabem sobre o que estamos falando. Aprender sobre coaching é uma forma de antecipar a contribuição que você pode dar para outras pessoas. Você pode treinar e aprender as competências e técnicas de coaching para ser um agente de mudanças para si e para os outros agora mesmo.

Não seria fantástico poder trabalhar e ser remunerado para contribuir com a vida dos outros à sua volta? Quando você se torna um coach profissional, você aprende um método comprovado de fácil assimilação. Com esse método, qualquer pessoa bem treinada, independentemente de sua idade, aprende a utilizar ferramentas práticas para ajudar a conduzir outras pessoas a um próximo nível de resultados. Isso é feito com segurança e comprometimento, atingindo resultados extraordinários que elas não obteriam sozinhas.

“A palavra empolga, o exemplo ensina”. – Joseph Joubert

CHUVA, COACHING E REALIZAÇÃO: A PAIXÃO DE BRUNO JULIANI PELO COACHING

Para você ter ideia do que é possível ser alcançado com o coaching, veja o exemplo a seguir, que aconteceu em 2010 com o Bruno Juliani em Niterói. Quando lhe perguntaram porque ele era tão apaixonado por coaching, ele respondeu que esse insight se deu em abril de 2010. Foi nessa época que ele teve a clareza do poder do coaching e houve uma pessoa que foi responsável por isso.

Chuva Niterói 2010

O ano de 2010 foi um dos anos mais chuvosos no Rio de Janeiro. Contabilizaram-se centenas de mortes e 2.500 pessoas ficaram sem poder voltar para as suas casas. Naquele ano, as chuvas foram tão  fortes, que aconteceram várias tragédias e deslizamentos de terras em áreas residenciais. Bruno lia e assistia a isso todos os dias nos jornais nas bancas, nos noticiários da TV e no rádio.

A TRAGÉDIA DA CHUVA EM NITÉROI

Em uma das reportagens, havia a história de um pai, que estava preso na lama e foi resgatado pelos bombeiros. Dentro da casa dele, estavam ele e seu filho. Os bombeiros lutaram muito com toda aquela lama e conseguiram retirar o pai. O filho, no entanto, continuava preso dentro da casa. O fato é que o solo daquela região estava extremamente instável e não havia segurança nenhuma. As chuvas não davam trégua. Durante as tentativas de salvamento do garoto, aconteceu o pior: um segundo deslizamento terminou de cobrir a casa e o garoto morreu soterrado pela lama.

“Eu tenho até hoje a imagem dos bombeiros entregando o corpinho da criança pro pai inconformado, fora de si. E me lembro naquele momento que eu pensei mais ou menos assim: nossa, meu Deus! Podia ser eu no lugar desse pai, recebendo o meu filho já sem vida.” – Bruno Juliani

AMIGOS E SOLIDARIEDADE

Naquele dia, Bruno mal conseguiu dormir. Ele só pensava que tinha que fazer alguma coisa e começou a imaginar como poderia ajudar essas pessoas vitimadas pelas chuvas a encarar aquela situação de frente e a usar tudo aquilo que aconteceu com elas para terem mais poder em suas vidas.

chuva niterói ginásio lotado

Bruno, então, juntou alguns amigos e foram até o local, um ginásio, onde as pessoas estavam sendo abrigadas. Todos lá haviam perdidos suas casas. Grande parte delas haviam perdido familiares e amigos. Juliani estava acompanhado de psicólogos e outros coaches e fizeram o compromisso de ajudar aquelas pessoas a passar pela situação da melhor forma possível e sair de lá com poder para transformar suas vidas depois dessa experiência terrível.

O RESPONSÁVEL PELA PAIXÃO DE BRUNO JULIANI PELO COACHING

Enquanto andava pelo ginásio lotado, um garoto lhe chamou a atenção. Ele estava sentado no colchão e tremia de nervoso. Bruno começou a conversar com ele, que começou a contar o que havia acontecido. Sua casa foi tomada pela lama e ele e seus familiares tinham perdido tudo que possuíam. Felizmente não haviam perdido ninguém da família.

A história do garoto tocou fundo no coração e, então, o jovem coach tentou ajudá-lo da melhor forma que pudesse. Ele decidiu fazer, com o garoto e com outras quatro pessoas, uma sessão inicial de coaching para mostrar que havia um caminho que eles poderiam tomar a partir daquele momento. Ele convidou todos eles para irem ao seu escritório e, depois de alguns dias, para uma segunda sessão.

Mas só o garoto apareceu…

O SONHO E O COACHING SOBRE A MESA: UM PLANO SE DELINEIA

Soldador EmbarcadoO rapaz começou a contar a situação que estava passando. Ele era office boy, ganhava cerca de R$ 500 por mês. Sua mãe era empregada doméstica e tinha um salário de R$ 800 por mês. Ele não possuía pai e tinha dois irmãos menores, que dependiam da renda dele e da sua mãe. Durante a conversa, o garoto disse que tinha o sonho de poder comprar uma casa para sua mãe e dar uma condição melhor para sua família, tornando-se empregado como um soldador de navios embarcados.

Foi quando Bruno lhe disse: “Olha, não existe sonho impossível. Tudo é uma questão de estabelecer o prazo certo.” Bruno foi coach desse rapaz por três meses seguidos de forma completamente voluntária. Foram feitas seis sessões de coaching e, ao final, o garoto traçou um plano para alcançar um salário de R$ 3.000 em dois anos, trabalhando como soldador.

COLOCANDO  O PLANO EM AÇÃO: O UNIVERSO SE MOVE

O rapaz teria que fazer um curso profissionalizante e, como não tinha R$ 200 por mês para pagar o curso, o plano foi fazer um bico de engraxate para ganhar algum dinheiro e conseguir pagar esse curso. Ele era um garoto esperto e percebeu que se ele contasse para as pessoas a sua história e o motivo por que ele estava engraxando sapatos, as pessoas normalmente pagavam até mais do que ele pedia para engraxar o sapato como uma forma de ajudá-lo.

Rapidamente, ele fazia até mais de R$ 20 por dia, voltava pra casa e, à noite, frequentava a escola profissionalizante.

Depois de algumas semanas fazendo isso, um dos professores dele descobriu o que ele fazia pra pagar a escola e resolveu ajudar. Esse professor conseguiu para ele uma vaga de estágio, onde ele ganharia R$ 800 por mês dentro da própria escola e assim ele poderia pagar a escola sem ter que trabalhar de engraxate e nem mesmo de office boy. E mais, ele já ia sair da escola com experiência de trabalho e excelentes contatos com pessoas influentes naquele mesmo mercado. Uma chance de ouro!

DO COACHING À GLÓRIA: A RELIZAÇÃO DO SONHO

Inspetor de SoldaEm menos de dois anos, o rapaz conseguiu conquistar uma meta que, para ele e para muitas pessoas era completamente impossível. Ele se tornou um Soldador Embarcado que ganhava R$ 3.500 por mês. Ele virou uma referência para outros garotos de sua comunidade, que começaram a vender balas e engraxar sapatos para pagar formações técnicas profissionalizantes.

Hoje, depois de cinco anos atuando como profissional e mais outro curso profissionalizante de especialização, ele se tornou um Inspetor de Solda e ganha R$ 9.000 por mês. E tudo isso começou naquele dia em que o Bruno Juliani o encontrou com frio no chão do ginásio, sem casa e sem esperança.

Muitas vezes tudo o que alguém precisa é ter uma pessoa treinada ao seu lado para mostrar qual é o caminho e criar um plano de ação pra chegar ao resultado que ela deseja. É por esse tipo de coisa que Bruno Juliano é apaixonado por coaching. Tudo é possível para quem tem o apoio certo.

As pessoas podem muito mais do que imaginam e nossa missão como coaches é fazer as pessoas enxergar que elas são maiores do que imaginam.

MAS, AFINAL, QUAL É O TRABALHO DE UM COACH?

A melhor parte é que Bruno não sabia o que aquele rapaz deveria fazer para se tornar um soldador. O trabalho do coach não é saber fazer as coisas e ensinar; o trabalho de um coach é fazer as perguntas certas para que a pessoa descubra seu caminho por ela mesma.

COACHING É SABER ESCUTAR, ORIENTAR E APLICAR FERRAMENTAS

O coaching é um método, um sistema que faz uso de ferramentas que, quando bem trabalhadas, permitem a você fazer perguntas poderosas e, com as respostas dos próprios clientes, ajudá-los a atingir os resultados que eles desejam para a vida deles.

Você não precisa saber como, só precisa aprender a usar as ferramentas e a fazer as perguntas certas. As pessoas sabem como chegar aos seus objetivos. O seu trabalho como coach é apenas escutar e orientar. O tamanho do percurso e o tempo que o cliente vai levar para atingir essa meta são definidos pelo próprio cliente.

REALIZAÇÃO E GRATIDÃO: AQUELE “QUÊ” DA PROFISSÃO COACH

Feliz na Profissão CoachingPoucas são as profissões que nos permitem ouvir depoimentos como o que Bruno Juliani ouviu daquele rapaz: “Bruno, me faltam palavras para descrever como o coaching foi e ainda é importante na minha vida. Hoje eu entendo como a vida dá sucesso para aqueles que lutam com planos de ações e entendem que tudo tem seu tempo para acontecer. Bruno, você é ao mesmo tempo um pai, um irmão mais velho e um grande técnico que eu nunca tive na minha vida. Deus te abençoe. A sua frase de que não existe sonho possível, apenas prazos irreais, vai me acompanhar e ser passada adiante para todos que eu conhecer.”

“Eu não preciso explicar nada pra você (depois dessa) porque eu sou apaixonado pelo que eu faço, porque que eu acordo todo dia e trabalho sempre buscando dar o meu melhor. Eu estou sempre me aperfeiçoando e tenho como meta de vida dividir tudo o que eu sei com o maior número de pessoas possível. Em épocas de catástrofe como essas, muitas pessoas buscam fazer doações de diversas formas. O coaching foi a forma que eu encontrei de procurar fazer a diferença. E o coaching refez completamente a vida de um garoto que estava num ginásio lotado, mas que acreditou e se comprometeu em se tornar uma pessoa melhor.” – Bruno Juliani

AS INUMERÁVEIS POSSIBILIDADES DO COACHING NA TRANSFORMAÇÃO DE VIDAS

Imagina o que você poderia fazer com essa habilidade. Quem você poderia ajudar? Que tipo de resultado você seria capaz de proporcionar para as outras pessoas? Se o coaching funcionou para um garoto quase sem educação, com zero de recursos financeiros, imagina o poder que ele tem com pessoas com mais condição.

Sabemos que existe um mundo aí fora cheio de pessoas com necessidades, com sonhos, com problemas e que precisam e que podem ser resolvidos, mas com uma carência enorme de profissionais capacitados que possam atuar como agentes de mudança para essas pessoas.

Pessoas que, quando aprendem a usar o conjunto certo de ferramentas, podem literalmente mudar vidas, realizar sonhos, alavancar carreiras, harmonizar casamentos, estabilizar finanças de famílias, ajudar com saúde e emagrecimento, promover mudanças em praticamente qualquer área da vida dos outros, inclusive na sua própria.

A CORRENTE DO BEM DO COACHING NÃO TEM PREÇO!

coaching topo da montanhaSer coach é uma das profissões mais recompensadoras que se conhece. Nada vale mais do que ter na sua vida milhares de pessoas gratas pelo o que você fez por elas. E quando é dito que há um número enorme de pessoas passando por essas situações, são pessoas que estão dispostas a pagar muito bem para ter um profissional qualificado do seu lado.

Quanto vale um sonho? Quanto vale reconstruir uma família? Quanto vale ajudar alguém a encontrar a profissão do seu sonho? Quanto você acha que alguém pagaria para ter uma vida financeira sustentável e sem dívidas e manter de forma saudável seu relacionamento?

Isso não tem preço! Coaching é sempre baseado numa relação ganha-ganha. A verdadeira missão do coach é apoiar pessoas no alcance de suas metas, nos seus objetivos e nos seus sonhos. Coaching não é só uma profissão, mas é também a verdadeira corrente do bem.

LALÁ, ANJOS E FADAS: UÉ? ESTAMOS FALANDO DE COACHING?

Contou o Bruno Juliani:

Fada Madrinha Lalá Laís“Desde 2011, quando eu criei a Abracoaching, mais de 3.500 coaches foram formados por mim e pelos meus treinadores. Eu, pessoalmente já treinei milhares deles nas 81 turmas onde eu ensinei ao vivo em carne e osso. Durante esses cursos presenciais para formar coaches em várias cidades do Brasil, e até mesmo no Japão, eu tinha de sair toda quarta-feira e voltava pra casa só domingo à noite, ou então, segunda-feira de manhã. E a minha filha, a Laís, durante esse período, ela tinha dois a três anos, mas ela vinha a cada vez que eu saía e dizia assim pra mim: “papai, num vai, fica comigo”. E olha só como eu falei, pra você não resistir a esse apelo, que às vezes é quase uma covardia, eu me apoiava na minha missão, no meu propósito e também em saber que tinha muita gente que iria se beneficiar das Anjo da Guarda da Lalánovas habilidades dos meus alunos. Muitos sonhos de pessoas estavam em jogo. Então, eu olhava pra Laís, olha pra minha filhinha e falava: “Lalá, o papai tem que ir. Você sabia que o papai tem uma escola de anjos da guarda e fadas madrinhas?”. E assim, eu fazia tanto eu, quanto ela, a gente se sentir melhor com essa minha ausência inicial.”

AS QUATRO PEÇAS PARA SE TORNAR UM COACH DE SUCESSO

Pra fazer isso, a gente precisa ter um objetivo muito forte. Como foi dito anteriormente, mostraremos agora como são as quatro peças-chave pra você ingressar na mais fantástica carreira do mundo. Acompanhe:

As 4 Peças do Coaching de Sucesso

1. ESTRATÉGIA

Para você ajudar alguém a chegar no objetivo ou no sonho que deseja, a primeira peça que você precisa ter no lugar é a estratégia. Isso significa saber quais são as principais lacunas, desafios e, principalmente, quais são as novas competências, conhecimento, habilidades e atitudes que essas pessoas têm que possuir para que elas possam se tornar quem elas precisam ser para conseguirem alcançar seu estado desejado, seu sonho ou sua meta numa forma mais sustentável.

Isso, então, é uma visão macro, é a visão estratégica de um processo de coaching, é a primeira peça da engrenagem.

Pai ensinando o filho a andar de bicicletaPor exemplo, é como um pai que vai acompanhar o filho que tem como meta andar de bicicleta com os amigos. No entanto, esse garoto não possui bicicleta e nem sabe andar nela. O pai pode orientar o filho sobre como este pode separar parte da mesada para comprar a bicicleta. Depois, ele pode orientar junto nas primeira pedaladas, enquanto a bicicleta ainda está com a rodinha. E depois, ele pode combinar de tirar as rodinhas para a criança andar por 30 minutos ou dar três voltas no quarteirão sem cair. Quando ele conseguir fazer isso, então ele poderá passear com seus amigos.

Repare que foi isso que foi feito com o rapaz que virou soldador. A primeira peça então é saber desenhar uma estratégia de coaching.

2. ROTEIRO OU CHECKLIST

A segunda peça que você precisa ter no lugar para criar um processo de coaching de sucesso é um roteiro ou checklist de sessão. É saber o que fazer dentro de cada encontro de coaching. O coaching é feito em encontros regulares que normalmente duram de 30 a 60 minutos. A regularidade desses encontros pode ser semanal, quinzenal ou mesmo mensal.

Durante esse período, é importante o coach utilizar uma espécie de roteiro, um checklist de elementos que não podem faltar dentro de uma conversa de coaching, como por exemplo lembrar o seu cliente que a conversa é confidencial para aumentar a confiança mútua. É uma das táticas que não podem faltar no seu processo.

Sessão de CoachingOutra tática é, por exemplo, revisar os passos-chave que seu cliente deu até agora, verificar os desafios principais para esse dia ou semana, descobrir e mostrar o que o cliente já aprendeu, lançar desafios e ajudá-lo a se comprometer com o seu melhor e muito mais. Todas essas são táticas de coaching que qualquer pessoa pode aplicar, se aprendeu o passo a passo correto.

O roteiro ou o checklist da sessão é, portanto, a segunda peça.

3. DESENVOLVER AS COMPETÊNCIAS, FERRAMENTAS OU TÉCNICAS

A terceira peça é desenvolver as competências, ferramentas e técnicas que você precisa para ser um ouvinte nota dez, ser um mestre na arte de fazer perguntas relevantes e falar o que faz a real diferença pro outro.

Colocando essas três peças no lugar certo, você se tornará um coach fantástico, capaz de gerar mudanças que nem você mesmo pode imaginar na vida de outras pessoas.

Nesse momento, você pode estar pensando: “se eu já tenho tudo o que preciso com essas três peças, qual é a quarta peça que está faltando então?”.

4. MODELO DE NEGÓCIOS

A quarta peça é o modelo de negócios que possa transformar a sua habilidade como coach e a sua capacidade de ajudar outras pessoas em um negócio em uma profissão extremamente lucrativa e que ainda te traz a liberdade de você trabalhar de onde quiser e quando quiser.

Você precisa aprender a encontrar os clientes ideais que saibam quem você é e que vejam o altíssimo valor no que você pode oferecer para eles. Ser coach é realmente algo fantástico! Porém, ser um coach extremamente bem pago é muito, mas muito melhor!

Canvas Modelo de Negócios

Você trabalha com um prazer enorme, quando sabe que, além de contribuir para a vida de outras pessoas, você está contribuindo para a sua própria vida, construindo o futuro financeiro que você deseja e criando uma nova vida realmente extraordinária para você mesmo como consequência.

BRUNO JULIANI VAI TE ENSINAR O MODELO DE NEGÓCIOS QUE FUNCIONA

Muitas pessoas veem no coaching a oportunidade de se encontrarem como profissionais. Porém, um dos maiores problemas que os coaches enfrentam é a falta dessa quarta peça fundamental, o modelo de negócio que possibilita você ser muito bem remunerado pelo seu trabalho e viver de coaching.

A boa notícia é que, além de ensinar coaching, que são as peças um, dois e três, Bruno Juliani vai ensinar você o modelo de negócios que funciona e que atrai dezenas, centenas de pessoas interessadas em te pagar para serem treinadas por você.

Jornada do Coaching e Realização Profissional

A LIBERDADE QUE SÓ O COACHING TRAZ

O coaching é uma das maiores oportunidades profissionais dos últimos tempos. Você viu que você não precisa trabalhar em lugares desconfortáveis, que não precisa ficar preso a horários fixos que te impedem de ficar com seus filhos e a sua família ou trabalha em algo que muitas vezes você detesta só para ter dinheiro.

Você pode sim escolher uma profissão que te traz um alto ganho financeiro e que te completa como ser humano. Você pode entregar uma seção de coaching em um escritório agradável ou pela Internet, trabalhando da sua casa, ou até mesmo por telefone.

Feliz na Profissão Coaching

Acredite, você pode aplicar o coaching em um restaurante, em uma praça ouvindo o canto dos pássaros, literalmente em qualquer lugar que seja calmo, desde que ofereça um ambiente de conforto com segurança para você e para seu cliente.

Essa talvez seja uma das maiores oportunidades que você já viu até hoje: a possibilidade de ser um coach.

MERGULHANDO FUNDO NO COACHING

No próximo artigo sobre coaching, vamos mais fundo no que é ser um coach, o que é extremamente coaching, como isso funciona, como você pode se transformar num coach profissional. Mesmo que você ainda não tenha certeza de que quer se tornar um coach, encorajamos você a acompanhar todos os artigos, pois as informações que você vai receber vão te ajudar a enxergar possibilidades para sua própria vida, que talvez você nunca tenha visto antes.

Nos próximos artigos, você vai aprender a lidar melhor com os seus sonhos, com suas metas e com a falta de foco que geralmente pode te atrapalhar a alcançar os seus objetivos. Você vai se entender melhor, vai descobrir como viver melhor.

Por favor, reserve alguns minutos para nos contar nos comentários abaixo o que você leu neste artigo e que realmente te tocou. Que possibilidade você consegue enxergar para você agora que você não viu antes?

Jornada do Coaching e Realização Profissional

Até a próxima!


Mentor: Bruno Juliani | Assunto: coaching


Blog Instantâneo Gustavo Freitas

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *