Resenha de Palestra: Desenvolvimento Profissional de Blogs por Marcos Lemos

Tempo de leitura: 16 minutos

A resenha de palestras de blogueiros veteranos é um exercício que traz várias vantagens para o blogueiro iniciante. Primeiro porque, fazendo isso, o novato se apresenta à blogosfera. Segundo, o conteúdo da resenha é altamente relevante para o seu nicho e para seu público. Terceiro, e mais importante, o blogueiro aprende mais eficientemente. A resenha auxilia a captar pontos que não foram observados durante a palestra e também ajuda a fixar a lição. Há muitas formas de adquirirmos conhecimento para a criação de um blog sério, porém escutar os mais antigos não tem preço.

blog ao por do sol sunset blogging gaivota mar ceu sol

Esta é a segunda resenha que fazemos aqui no Divulgação Grátis, a primeira foi com o Gustavo Freitas do GF Soluções. Gustavo discorreu sobre ganhar dinheiro com blogs.

Para não perder as próximas palestras e atualizações, assine gratuitamente o Divulgação Grátis e siga-nos no Twitter.

Este blog trata, entre outras coisas, de divulgação grátis. Será que você já percebeu que o melhor instrumento de divulgação grátis é ter um blog? Muitos blogueiros perguntam como se faz para atrair mais visitas para seus artigos, sem perceber que a melhor técnica de divulgação para seu blog é o blog ser bem feito e bem administrado ao longo do tempo.

Nesse sábado 30, Marcos Lemos, do [ Ferramentas Blog ] apresentou a palestra Desenvolvimento Profissional de Blogs para 90 expectadores. A palestra durou 01h07min, sendo meia hora de explanação e meia hora para tira-dúvidas. Durante o encontro, Marcos lançou uma promoção (que terminou junto com a palestra), dando um desconto de quase 30% na compra do seu ebook “BLOGAR” (atualização: infelizmente, o Marcos Lemos retirou o ebook de circulação em outubro/2012). Mais uma das vantagens de escutar os veteranos.

Ebook Blogar de Marcos Lemos do Ferramentas Blog

O [ Ferramentas Blog ] conta atualmente com mais de 8.500 assinantes, 4.500 seguidores no Twitter e mais de mil artigos publicados.

Ser profissional é ter seriedade e organização. Marcos iniciou a palestra explicando que o  termo “profissional” do título refere-se precipuamente à seriedade e à organização. Um blog sério e organizado é o instrumento para estabelecer interatividade na blogosfera, para trazer novos conhecimentos, aprimoramento pessoal e para possibilitar a monetização do espaço na Internet.

 

1. Desmistificando alguns pontos

 

Criar um blog é fácil, difícil é manter um blog

Blogar de forma séria não é uma tarefa simples, caso você esteja achando isso. Desenvolver um blog de respeito exige dedicação, estudo e determinação de quem se propõe a tal empreitada. Qualquer pessoa pode criar um blog em alguns minutos, sem pagar nada, com as ferramentas atualmente disponíveis na Internet. Mas a parte mais desafiadora é desenvolver o blog, adquirir as competências necessárias, escrever conteúdo frequentemente e encontrar seu público. Deve-se estar ciente de que a tarefa do blogueiro se concretiza a longo prazo. O blog não é um site que você constrói em um dia e depois o esqueça na Web.

 

É mais fácil ficar famoso do que ficar rico com blogs

A experiência do blogueiro avisa que manter um blog dá trabalho, mas ganhar dinheiro com ele dá mais trabalho ainda. Um blog profissional não é necessariamente um gerador de renda. Profissionalizar-se em blogging e monetizar blogs são dois desafios concomitantes. Para Marcos, a chave do sucesso em ganhar dinheiro com blogs é trabalhar muito mesmo e estar disposto a fazer o que é necessário. “Nem todos conseguem ganhar dinheiro com blogs”, avisa ele. A mentalidade do dinheiro rápido e fácil não funciona com blogging, mas  sim a da paciência e dedicação.

bolinhas metal competição trabalho pirâmide

Não há tronos para todos os candidatos à realeza

Não há lugar para todos no teto da Internet, embora a oportunidade seja para todos. É uma regra que vale para qualquer aspecto das relações humanas. “Só os mais dedicados e persistentes conseguem alguma coisa”, afirma o palestrante. E isso é verdade. Quanto mais subimos o cone, mas apertado vai ficando. A competição até o topo é muito acirrada e exige a doação de grande parcela de nosso tempo. Porém,  isso não é para causar desânimo, mas impulso. Lembre-se também de que você não precisa ser rei; a nobreza é boa posição também. Já ouvi dizer que a melhor maneira de se atingir a excelência é mirando a perfeição.

 

Interação é essencial

O blog é sua rede social particular. É seu espaço de divulgação de idéias e interesses comuns, onde você interage com leitores e blogueiros de seu nicho e de nichos diversos. A interação não deve se restringir à sua área de atuação, mas extrapolar para outras áreas, pois é com os demais blogueiros que aprendemos e descobrimos coisas novas. De forma concreta, há o Twitter, há o Facebook, há os comentários e contatos, etc.

 

2. A estrutura geral do blog

Aqui adentramos o plano principal da discussão, começando pela estrutura geral.

Escolha um tema único para seu blog

Não há problema em gostar de coisas variadas, mas falar sobre tudo do que se gosta em um blog espanta o público. Blogueiros assim se perdem em demasiadas idéias, criam conteúdos abarrotados de informação. Às vezes inserem material que nem foram eles que criaram. Outras vezes enchem os posts com vídeos do Youtube ou simplesmente copiam os conteúdos dos outros. É preciso focar e dedicar-se a um único campo de conhecimento. Escolha uma idéia, um tema, e comece a desenvolver esse único nicho.

 

O nome e a identidade do blog

Depois de escolhido um tema único para desenvolver, estabelecem-se um nome e uma identidade para seu blog. Você vai divulgar o seu nome, o seu trabalho voltado para um único nicho, para um único assunto. Logo, seu trabalho se limitará a desenvolver um tema específico e sua pesquisa estará resumida a apenas um segmento do conhecimento. Isso facilita sobremaneira a criação do blog, já que isenta você de ter que investigar demasiadas fontes de informação. Você se desanimaria com o trabalho absurdo e com desinteresses supervenientes se assim o fosse. Depois de enxugar tudo isso, isto é, depois de ter restringido o âmbito de discussão do blog, você poderá estabelecer a identidade de seu trabalho e terá condições de escolher o nome do blog que será divulgado.

escolhar escolher caminho

Registro do domínio do blog

Depois de estabelecidos os limites acima, a escolha do nome de domínio (o endereço, ou URL, do blog que você divulga) se torna bem mais fácil. Esse domínio, por sua vez, deve pertencer a você, não ao Google, ao WordPress ou a outro site de blogs gratuitos. Mesmo que você eleja plataformas gratuitas, como o Blogger ou o WordPress.com, para instalar seu blog, você deve procurar ser dono de seu próprio domínio. Já aconteceu de o Blogger (que pertence ao Google) retirar blogs sérios do ar sob suposta alegação de infração de regras, embora tenha desfeito o equívoco. Imagine trabalhar vários anos em um projeto que pode sumir da noite pro dia. A posse do domínio é fundamental também em uma provável migração entre plataformas.

 

Conheça as plataformas

bloggerExistem atualmente algumas plataformas sobre as quais você pode levantar seu blog, são elas: Blogger (conhecida também como blogspot), WordPress (lembrando que a WordPress.com, ou WP.com, é gratuita e que a WordPress.org, ou WP.org, exige que você tenha sua própria hospedagem e domínio), Tumblr, etc. Este blog Divulgação Grátis roda sobre a plataforma WP.org. A discussão sobre qual plataforma é melhor é antiga e sua escolha vai depender de suas necessidades. O palestrante, por exemplo, teve que migrar da Blogger para a WP.org. Se você é do Blogger e pretende migrar para o WP.org, o Marcos Lemos oferece um simulador de migração para um teste prévio.

 

Layout, template, marca, branding

Além da identidade de nicho, há também a identidade visual do blog, materializada através do seu layout e do conceito de branding (ou marca). A criação de um logo é um ponto crucial neste aspecto da criação de blogs. Os layouts, ou templates, determinam a estrutura visual de seu blog (número de colunas, cores, botões padrões como Twitter e Facebook, tamanhos dos menus, proporção da lateral, etc) e atualmente são “plug and play” e não constituem nenhum bicho-de-sete-cabeças, em 30 segundos você altera completamente a face de seu blog. O desafio é moldar esse layout às suas necessidades. Se você possui capacidade técnica para criar seu layout e marca, aplique, caso contrário deve considerar procurar um especialista para resolver essa questão para você.

 

3. Centralidade no Conteúdo

Quem busca seriedade e profissionalismo deve centralizar seus objetivos, idéias e esforços na geração de conteúdo de qualidade e original. Plágio é inaceitável.

 

Qual é o tema principal do seu blog?

Desdobre seu tema principal. Se seu tema é “pesca”, por exemplo, de que tipo de pesca se trata? Pesca de caranguejos no Alasca? Pesca no Pantanal? Predatória? Industrial? Turística? Esportiva? Que tipo de pesca você desenvolve? Que tipo específico de assunto você deseja expor e debater com sua audiência? Que parte específica você quer desenvolver? Pare e pense: qual é o tema principal do seu blog?

 

Quais são os temas complementares e os temas periféricos?

Os temas complementares são aqueles que estão diretamente ligados ao tema principal. São subtemas que dão suporte e completam a estrutura do tema principal. Por exemplo, o tema principal do [ Ferramentas Blog ] é “criar blogs”. Entre os temas complementares, incluiríamos “criar blogs no Blogger”, “criar blogs no WordPress”, “criar conteúdo de qualidade para blogs”, “criar podcasts”, “criar audioposts”, “criar vídeos e canais no YouTube”, “HTML”, etc.

Temas periféricos são aqueles que não estão ligados diretamente com o eixo de temas, mas o ladeiam. Embora não componham o conjunto mais importante de temas, sua discussão é interessante e útil para a audiência,  por exemplo,  “redes sociais”, “relacionamentos na Internet”, “expansão de discussões da blogosfera”, “leis”, Google, navegadores, novas plataformas, etc.

Foco fócus

Pesquisa de palavras-chaves e expressões-chaves

Para gerar conteúdo para seu blog, necessário é encontrar palavras-chaves e expressões-chaves que vão te ajudar a escrever melhor, pesquisar melhor e produzir informação de melhor qualidade. Algumas ferramentas são apontadas pelo Marcos: KeyWord Tool e Google Insigths For Search, por exemplo. Utilizando palavras-chaves, você irá escrever textos melhores e mais atraentes para o público que chega ao blog. Você também irá produzir títulos melhores e conteúdos de qualidade que se indexam de forma mais eficiente nos mecanismos de busca.

 

 

Formatos do conteúdo (texto, áudio, vídeo)

Seus posts podem ser construídos em formato texto, áudio, vídeo ou imagens. A linguagem do seu blog é importante. Como você vai passar as informações para seu público? Qual é o formato do seu conteúdo? Este blog Divulgação Grátis, por exemplo, é predominantemente textual. O palestrante tem investido em video-posts e audio-posts com excelentes resultados e satisfação. O blog Um Sábado Qualquer (cuidado! Vicia.), citado pelo Marcos, publica conteúdos em formato de imagem. Existem os vlogs. A escolha do formato para o conteúdo de seu blog tem muito a ver com seu estilo e com suas necessidades.

 

4. Quais são os seus objetivos?

Você criou um blog para quê? O que te motiva a permanecer online, participando das redes sociais, produzindo conteúdo, procurando público, divulgando informações, falando sobre blogs, lendo o conteúdo sobre seu nicho, etc?

 

Definir objetivos claros de curto, médio e longo prazos

Os objetivos devem ser definidos de forma clara, estruturada e lógica. Se você não sabe quais são os seus objetivos a curto, médio e longo prazos, você desanima e cansa de blogar, pois não sabe o que vai atingir com seu investimento de tempo e de força de trabalho. Você está desenvolvendo seu blog com que finalidade? Onde você quer chegar? A desistência é um grande risco que se corre, quando não definimos objetivos. Blogar não é uma tarefa simples. Aproximar-se do topo requer persistência e, se seu desejo for ainda ganhar dinheiro, a definição dos objetivos é crucial. O palestrante reitera: “não há blogueiros sem interação”. Mesmo que você queira apenas se divertir com seu blog, sem objetivos talvez você não consiga nem mesmo isso.

 

Metas para postagens (publicação de conteúdos)

Estipule metas para a geração de conteúdo para o seu blog. O palestrante, por exemplo, estipulou a meta de publicar no mínimo um post por dia, um novo artigo a cada 24 horas, seja vídeo, seja áudio, infográfico, seja uma palestra como a desta resenha, etc. Sua meta é você quem define. Você pode gerar 3, 4, 5  artigos por dia, ou apenas um por semana. Um artigo por dia é referencial. Seu público espera por seus artigos e conhece seu ritmo de produção.

Tom e Jerry Objetivos e metas plano de ação

Metas para divulgação

Por que será que você não consegue visitas para seu blog? Respondendo com uma pergunta: você divulga seu blog? Quantos e quais são os métodos de divulgação que você utiliza para promover seu blog? Se o único ato de divulgação que você realiza é, por exemplo, comentar no Orkut, então é hora de você rever sua técnica de divulgação. Segundo Marcos, a divulgação do blog deve se realizar o tempo todo. Se estiver 24 horas online, divulgue o blog 24 horas direto. A divulgação dever ser uma tarefa diária efetuada a todo instante. Sempre que você publicar coisas novas ou revisar as antigas, divulgue-as de maneira profusa. Busque atingir cada vez mais pessoas por dia. Divulgar exige a estipulação de metas. Os agregadores de conteúdo, as redes sociais são muito bons para a divulgação. O Facebook tem se mostrado um ótimo ambiente de divulgação.

 

Quem é seu público-alvo?

Seu blog não interessa a todo mundo, mas a uma audiência específica. Você consegue imaginar quem é seu público-alvo? A quem sua mensagem é direcionada? Definir isso faz parte dos objetivos.

 

5. Buscar conhecimento técnico

Estudar, ler e aprender a fundo sobre seu nicho é o caminho para desenvolver profissionalismo. Não tenha receio de se arrojar no conhecimento técnico. Você tem tempo à frente, utilize-o.

 

Estude e tente dominar seu tema

Precisamos estudar e buscar conhecimento técnico necessário para manter o blog no ar. Isso significa estudar nosso tema, dominar nossa área e conhecer o nicho que escolhemos para blogar.

livro

Leia, interaje, aprofunde

O caminho para dominar o nicho passa por ler, interagir e aprofundar o conhecimento através do contato com outras pessoas que sabem mais do que nós e que desenvolvem a mesma coisa que desenvolvemos. Há livros sobre o ramo. Se você quer se desenvolver bem em blogs, compre livros sobre blogs, pois irão lhe ajudar a blogar melhor. Se você precisa escrever sobre seu nicho, sua área, busque não só ler aquilo que está disponível gratuitamente na Internet, mas conhecer outras fontes. Interaja com as pessoas, participe de fóruns, debates. Estas são maneiras fantásticas de você interagir com os outros, conhecer pessoas novas, atrair público para seu blog e ainda aprender.

 

Aprenda um pouco da linguagem de blogs

Se você quer atribuir excelência no desenvolvimento do seu blog, não dependa exclusivamente de terceiros para fazer isso para você. Boa parte do tempo, você precisará desenvolver seu blog sozinho. Se você deseja ir mais além, é importante aprender pelo menos o básico sobre linguagens para blogs, tais quais HTML, CSS, PHP. Não tenha receio de explorar esse ramo, você tem tempo à frente; uma longa caminhada começa dando-se o primeiro passo.

CSS

Você tem que conhecer um mínimo dessas linguagens para entender o código e otimizar seus posts. Não dá para ter um blog sem saber o mínimo da estrutura ou da sua plataforma. Descubra tudo o que está disponível na plataforma que você elegeu. Investigue, crie um blog de teste para fins laboratoriais e para você ficar fuçando, descobrindo, procurando coisas.

 

Conheça técnicas básicas de SEO

Para melhorar a indexação de seu blog nos mecanismos de busca, existem técnicas de otimização denominadas SEO. SEO significa Search Engine Optimization (otimização para mecanismos de busca). Centralidade de conteúdo é o primeiro ponto de estruturação para técnicas de SEO. Quando você domina palavras-chaves ou expressões-chaves (long-tail), já está aplicando SEO no seu blog para que seus artigos apareçam melhor posicionados no Google.

 

Se não sabe, procure quem sabe!

Se você não possui domínio sobre certas coisas, procure quem possui. O palestrante, por exemplo, não domina a criação de layouts, então contratou alguém para criá-los para si. Há coisas que sabemos, há coisas que resolvemos aprender e há coisas que pagamos para que façam por nós. Em cada uma delas há uma relação tempo-dinheiro-retorno. A escolha vai depender das condições em que você se encontra.

Acesse agora a palestra do Marcos Lemos, clicando aqui.

 


Blog Instantâneo Gustavo Freitas

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *