WordPress SEO da Yoast: O Plugin! – Parte 4

Tempo de leitura: 9 minutos

Este é o quarto artigo da série WordPress SEO da Yoast, o plugin gratuito de Joost de Valk para otimização de blogs WordPress para os mecanismos de busca. Seja qual for o seu objetivo com blogs, comercial ou não, a otimização SEO é imprescindível para que seu conteúdo seja melhor posicionado e encontrado pelos internautas nos motores de busca. Para você, que utiliza a plataforma WordPress para gerenciamento de conteúdo, o plugin WordPress SEO da Yoast é atualmente o melhor plugin gratuito para otimização de seu blog.

Leia os artigos anteriores.

WordPress SEO da Yoast: O Plugin! – Parte 1

WordPress SEO da Yoast: O Plugin! – Parte 2

WordPress SEO da Yoast: O Plugin! – Parte 3

logo wordpress seo yoast joost de valk

 

Configurações de títulos no plugin WordPress SEO da Yoast

Na parte 3 desta série de artigos, começamos a falar sobre a otimização SEO de títulos e descrições para um melhor ranqueamento nos resultados das pesquisas nos motores de busca, principalmente o Google. Fizemos a configuração do título e da descrição (ambos fixos) da homepage do blog. Agora vamos mostrar como o plugin WordPress SEO da Yoast configura os títulos e descrições dos artigos e páginas, através de tags-templates (tags modelos).

Acesse novamente o submenu “Titles” do menu do plugin WordPress SEO da Yoast.

submenu titles menu plugin wordpress seo yoast

Procure pela área onde se encontram as configurações de títulos e descrições para Post e Page. Veja a figura a seguir. Aconselhamos que você siga a configuração sugerida na figura.

configuracoes títulos páginas wordpress seo yoast

 

Não se assuste com os códigos estranhos. São tagstemplates, isto é, trechos que serão substituídos automaticamente pelos títulos e descrições (e outros valores) que você digitar, quando estiver criando efetivamente seus posts e páginas. Na tabela abaixo você vê uma tradução para os principais templates.

[table id=10 /]

Na figura abaixo, mostramos a lista completa de tags-templates do WordPress SEO da Yoast. Você encontra esta lista no fim da página do plugin que estamos analisando agora. Sirva-se à vontade. Aconselhamos o uso das tags que mostramos na figura acima, mas você pode inserir outras.

tags templates títulos descrições wordpress seo yoast

Vamos pegar o template do título do post como exemplo

%%title%% | %%sitename%%

Esse é o formato que aconselhamos para o título dos seus posts. Percebeu a identidade desse template do título com aquela imagem que mostramos no artigo WordPress SEO da Yoast: o Plugin! – Parte 3? Veja-a replicada abaixo.

mestreseo seo título otimização google wordpress seo yoast

Esse formato não é obrigatório. Você poderia, por exemplo, utilizar outro separador

%%title%% – %%sitename%%

ou incluir outras tags, por exemplo,

%%category%% – %%sitename%% – %%title%%

Insistimos que você fique com o formato aconselhado, pois é o indicado pelos especialistas em SEO. Mas saiba que você possui liberdade para alterar o padrão conforme seu gosto.

Onde o WordPress SEO da Yoast busca os dados?

Vamos mostrar onde o plugin WordPress SEO da Yoast busca os dados para montar os títulos e outros campos. No nosso exemplo

%%title%% | %%sitename%%

o título (%%title%%) é extraído do editor de post do WordPress. Veja:

wordpress seo yoast plugin editor post

Para saber onde ele pega o nome do blog (%%sitename%%), acesse o menu Configurações -> Geral do WordPress.

wordpress seo menu configuracoes submenu geral

O nome do blog (nome do site) é extraído no campo “Título do site” das Configurações Gerais do WordPress. Veja a figura abaixo. Portanto, configure corretamente o título de seu blog nesse campo.

wordpress seo yoast menu configuracoes gerais wordpress

Observe que a descrição fornecida aqui para a homepage será ignorada pelo Googlebot se o plugin WordPress SEO da Yoast estiver ativo, pois será utilizada a descrição que configuramos na seção “Singular Pages” das configurações de títulos do plugin. Veja, por exemplo, na figura abaixo a descrição da homepage em nossa snippet nos resultados de busca.

wordpress seo yoast snippet divulgar dinheiro

Mesmo assim, a descrição estabelecida nas Configurações Gerais do WordPress aparece para o usuário, quando ele passa o mouse sobre o título do seu blog. Para não haver problemas, capriche na redação das duas descrições.

E as outras tags-templates de que falamos anteriormente (veja a figura replicada abaixo)? Onde o plugin as pesca?

wordpress seo yoast plugin tags templates palavra-chave keyword

A palavra-chave primária (Focus Keyword – %%focuskw%%) e a descrição (%%term_description%%) são inseridas por você no painel principal do plugin WordPress SEO da Yoast (aquele que fica abaixo do painel de edição de posts do WordPress).

focus keyword description descricao wordpress seo yoast

Ainda no Editor de Post do WordPress, há três outros dados que o WordPress SEO da Yoast captura: categorias, tags e o resumo (excerpt). Nas categorias e nas tags, se você marcar várias delas, o plugin captura todas, listando-as e separando-as por vírgula nos campos de destino.

campos categorias tags resumo editor post wordpress excerpt

LIÇÃO DE SEO – Taxonomias e Conteúdo Duplicado

bullet verde green 50pxNo MestreCast SEO para WordPress, Fábio Ricotta aconselha a não marcar mais do que uma categoria para seu post ou página, pois, para cada categoria, o WordPress gera uma URL diferente do seu post. Isso significa que haverá mais de uma URL apontando para um mesmo conteúdo em seu blog. É o que se chama conteúdo duplicado aos olhos do Googlebot, um problema que prejudica seu blog nos resultados de busca. Portanto, a otimização para mecanismos de busca aconselha que você não marque mais do que uma categoria para seu post. Embora tags e archives também gerem URLs para posts (também causando conteúdo duplicado), a indexação dessas URLs pode ser inibida por via de plugins, inclusive com o WordPress SEO da Yoast.

Para onde o plugin WordPress SEO da Yoast envia os títulos e descrições?

SEO significa Search Engine Optimization, ou seja, Otimização para os Mecanismos de Busca. Obviamente o plugin deve disponibilizar toda a otimização para os sites de busca. Os títulos, descrições e palavras-chave (entre outros dados) são enviados para o cabeçalho do código fonte de sua página para serem devorados pelo robô de busca dos motores, por exemplo o Googlebot. Veja na figura abaixo como visualizar o código fonte de uma página.

código fonte wordpress seo googlebot

Clique com o botão direito do mouse em uma área neutra da página (sem imagens, nem links). Escolha opção “Exibir código fonte da página” (isso no Chrome). O que você verá é o código HTML da página. Não se preocupe, você não terá que mexer no código, apenas se quiser.

wordpress seo yoast html meta-tags título descrição palavras-chave

Títulos e descrições das páginas de categorias e de tags

No final do segundo artigo desta série, WordPress SEO da Yoast: o Plugin – Parte 2, falamos um pouco sobre taxonomia (um termo bem incrustado na onda da Web 2.0), que é um nome pomposo sinônimo de classificação. Significa também categorizar e, agora, taguear. Quando você escreve um novo artigo, no próprio editor do post você encontra campos para informar as categorias e tags de seu novo conteúdo. Isso é “taxonomizar” (inventei agora).

Assim como nos posts e páginas, o plugin de Joost de Valk também cria títulos otimizados para as páginas de categorias e tags. Veja na figura abaixo, a configuração dos templates para títulos de páginas de categorias e tags.

wordpress seo yoast taxonomia

Por exemplo, se você acessar a homepage do DivulgarDinheiro e clicar em uma de suas categorias (“Divulgar” no exemplo), observará o título formatado pelo WordPress SEO da Yoast no topo do navegador. Veja a figura:

título página categorias wordpress seo yoast

A presença de um título e de uma descrição otimizados nas páginas de categorias e de tags é tão importante (ou mais importante) quanto a presença destes itens nos posts e páginas singulares. O código fonte para páginas de categorias e tags é similar ao código fonte para posts e páginas.

wordpress seo yoast plugin codigo fonte categorias

Títulos e descrições da páginas especiais

Finalizando as configurações de templates de títulos do plugin WordPress SEO da Yoast, restaram as páginas especiais (que de especial não têm nada): página de autor, páginas de arquivos, página de busca e páginas 404. A página de autor certamente está relacionada aos dados disponíveis no menu Usuários -> Seu Perfil do WordPress. Como não encontramos nada a respeito em nosso template, fica a dica.

configuracoes títulos descrições páginas autor, arquivos, pesquisa, 404

As páginas de arquivos (archives pages) definem a terceira forma que o WordPress disponibiliza para organizar seus conteúdos. A primeira forma é por categorias, a segunda forma é por tags, a terceira forma, por arquivos de data. Na lateral do blog DivulgarDinheiro, há um widget para acessar o conteúdo do blog por data. Se você clicar em uma das datas, observará que o WordPress mostrará os conteúdos daquele período.

wordpress seo yoast plugin categorização arquivos archives

Veja na figura abaixo como o título da página de arquivos por data aparece e também como configuramos o campo respectivo no plugin WordPress SEO da Yoast.

wordpress seo yoast plugin archives data

As Search Pages são as páginas resultantes da pesquisas internas feitas no blog. Por exemplo, no DivulgarDinheiro há um pequeno formulário no canto direito superior do blog, destinado a possibilitar pesquisas pelos usuários.

wordpress seo yoast plugin pesquisa páginas

Se utilizarmos as seguintes tags-templates para as páginas resultantes de pesquisa:

%%searchphrase%% | %%sitename%%

O resultado para uma pesquisa para o termo “SEO” resultaria na página com o título mostrado abaixo.

wordpress seo yoast search seo resultados

Por fim, a página 404 é aquela que aparece quando o usuário acessa um conteúdo inexistente no site ou blog. Por exemplo, acessar o endereço http://www.divulgardinheiro.com/barbapapa irá resultar em um erro 404. Mesmo estas páginas possuem título e descrição. Estes são configurados no campo respectivo. No nosso caso, montamos uma configuração de título bem singela.

wordpress seo yoast page página 404 não encontrado


Blog Instantâneo Gustavo Freitas

32 Comentários










  1. Muito bom esse tutorial, queria saber se vc faz analise grátis tenho dois blogs e não sei se estou empregando da melhor maneira as tecnicas seo

    Responder

    1. Olá, Joelson. Obrigado pelo comentário. Infelizmente não faço análise de SEO para terceiros. Mas, se seu blog for WordPress, siga os artigos desta série que eles cobrirão praticamente todas as técnicas de SEO on-page para blog WordPress. Acompanhe que o tutorial ainda não finalizou.

      Responder


  2. Valter Sousa,

    Parabéns pelo artigo.
    Acabei de trocar o plugin para esse e revirei a net por tutoriais um pouco mais explicativos, até mesmo para sanar minhas dúvidas e sinceramente o seu foi o melhor!

    Responder

      1. Me esclareça dúvida: reparei q logo depois de instalar e configurar o plugin, Minha busca do google dentro do site nao funcionou mais. Vc saberia o pq?

        Responder

        1. Olá, Denis. Pode ser um conflito. Alguns plugins costumam fazer isso. A primeira coisa a fazer é certificar-se de que foi mesmo o WordPress SEO. Desative-o momentaneamente e verifique se a busca continua inativa. Se ela continuar inativa é sinal de que não foi o WordPress SEO. Recentemente o SEO Smart Links também causou problemas com sua nova atualização. Infelizmente eu não uso a busca do Google e não posso te dar certeza de nada.

          Responder

          1. E é mesmo.. bastou desabilitar que voltou a funcionar a busca. o problema que a busca do WordPress é muito ruim.. nem sempre é relevante com a termo pesquisado.


  3. Fiz como o tutorial mais a parte do titles dos post aqui não funciona só aparece o titulo do post não parece a barra e o nome do meu site e la eu coloquei assim %%title%% | %%sitename%%

    Responder

    1. Olá, Kevinin. Obrigado pelos comentários. Desmarque a opção “Force rewrite titles” do menu “Titles” do plugin. Esta opção estava dando uns conflitos com meu template. Se não resolver, entre em contato novamente. Qual é o seu blog, para eu dar uma olhada?

      Responder

          1. Então amigo esta certo o meu header, so q percebi que somente as postagens anteriores da instalacao do plugin que não esta correto.. as de agora para frente esta…
            Outro problema q nao relatei antes é o “Focus Keyword”, em nenhum post identifica as palavras chaves, sempre fica zerado, e se clicar em find related keywords ele nao encontra sempre fica zerado mesmo tendo as mesmas palavras… o q sera??


  4. Feito todos os passos ate aqui esperando mais tutoriais sobre o assunto tem ideia se demora a sair?

    Responder

    1. Olá, Tiago. Obrigado pelo comentário. O tempo está curto, mas vou priorizar a publicação da continuação do tutorial. Muito sucesso.

      Responder

  5. Realizei todos os passos corretamente até o final do artigo, só que estou encontrando um problema: todos os posts estão gerando a mesma meta description da home page. Gostaria de saber o que pode estar causando o problema. Desde já agradeço.

    Responder

    1. Olá, Lucas. Obrigado pelo comentário. É difícil dizer qual é o problema. Mas posso sugerir alguns caminhos para você refletir. Acesse o menu “Configurações -> Geral” do WordPress e veja qual a descrição está escrita lá e compare-a com a que está sendo impressa nos posts. Em seguida, confira se você digitou corretamente a tag %%term_description%% no campo “Meta description template” do plugin, tanto para páginas, quanto para posts. Lembrou do undeline? Por fim, dê uma olhada no código do header.php (Cabeçalho) e verifique se já não está configurada uma meta-description entre as tags abre-head e fecha-head.

      Responder

    1. Olá, Juliano. Obrigado pelo comentário. Espero poder fazer a parte da indexação o mais rápido possível. O blog está sendo reestruturado e delimitado o nicho. A partir daí, vou seguir uma sequência de trabalho que chegará em breve na parte de SEO.

      Responder


  6. Boas dicas Valter, comecei um blog em wordpress, depois que o google deletou um que eu tinha no blogspot, com quase 9.200.000 milhões de visitas, e em 1 mês de blog novo e usando muitas tecnicas de seo que eu já tinha adiquirido em 6 anos de blogueiro e com o wordpress seo, meu blog chega hoje um mês depois de vida a 100.000 mil visitas e quase 60.000 mil acessos

    Responder

    1. Olá, Jorge. Obrigado pelo comentário. Essa é uma das desvantagens de se ter um blog hospedado gratuitamente. Ele não é nosso e, a qualquer momento, podemos perdê-lo. Você é um case desse tipo de fato. E a Google não tem coração (mas segue contratos :)).

      Bom, mas foi um laboratório e tanto, pelo o que você disse no comentário. Parabéns pelo novo blog e muito sucesso!

      Responder

  7. Valter

    Parabéns pelo artigo. Realmente, excelente. Descreve todos os detalhes deste plugin e pode ser extremamente útil na otimização do blog.

    Sucesso.

    Responder

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *