A bloguesia cheira bem!

Tempo de leitura: 8 minutos

E agora?

Você descobriu que blogs geram tráfego no Topo do Funil, embrenhou-se na blogosfera e agora não sabe mais para onde ir? Não se preocupe: como você, muitos outros candidatos a probloggers (ou pelo menos “bombloggers”) passam pelas mesmas dificuldades.

Neste artigo assinalo alguns pontos salientes e recorrentes nas linhas dos artigos dos blogueiros veteranos. São temas que compõem o eixo de concretização de qualquer blog e a que todo blogueiro iniciante deve se ater. E já de saída, aponto o primeiro erro de um pré-blogueiro: construir seu blog sem considerar a blogosfera ao redor.

Blogosfera blog

O QUE É A BLOGOSFERA?

É apenas um termo que define esse amontoado de blogs e as relações entre os blogueiros. O vocábulo refere-se tanto ao “bloguespaço” total, quanto a um setor dele. Por exemplo, a “minha blogosfera” é o conjunto de blogs que falam sobre Marketing Digital, Geração de Renda na Web e assuntos correlatos e acessórios a estes. Procuro sempre conhecer o trabalho dos blogueiros que desenvolvem blogs dentro desse âmbito. Desenvolver um blog em dissonância com o fluxo de sua blogosfera é condenar-se ao ostracismo e ao esquecimento.

OBJETIVOS, NICHO E AUDIÊNCIA

Um blog que pretende gerar renda para seu autor não é construído para ele, mas para sua audiência.

DEFINA OS OBJETIVOS DO SEU BLOG

Com que finalidade você está construindo seu blog? Seus objetivos são para satisfazer seu ego, defender ideologias ou obter ganhos materiais? A lição do Gato Risonho é sempre pertinente: “se não é importante para onde você vai, muito menos por onde o é”. Construir um blog sem saber para que o está construindo é no mínimo desperdiçar tempo.

DELIMITE SEU NICHO

Suponha que você tenha definido o objetivo de seu blog como sendo “ganhar dinheiro” com sua audiência. A próxima pergunta lógica é “que audiência?”

Pois é, para isso você precisa escolher uma fatia específica do mercado para explorar, o chamado nicho (não dá para escrever sobre tudo quanto é assunto, assim como não dá para absorver toda a audiência do mercado). A audiência (ou público alvo) não virá atrás de seus produtos, mas atrás de seus artigos. As vendas serão decorrências.

Se o nicho do seu blog for “carros importados”, por exemplo, virão pessoas ler seus artigos sobre esses produtos. Fatalmente, entre esses leitores, haverá compradores que se interessarão também por clicar em alguma propaganda sobre carros que esteja embutida em seu blog. Portanto, você deve especificar o nicho de atuação de seu blog para poder saber sobre que seus artigos falarão. Dependendo do nicho que você escolher, a concorrência poderá ser um desafio e a excelência, uma exigência.

CONHEÇA SUA AUDIÊNCIA

Dê o que seu público espera e precisa, se não eles não voltam, nem indicam o blog. Todos os artigos e recursos oferecidos devem ser escritos para fidelizar sua audiência. Se você não sabe como fazer isso, cole na blogosfera e disseque os artigos dos grandes blogueiros de seu nicho.

Objetivos, nicho e audiência não são monolíticos, mas oscilam e progridem com o tempo, sofrendo influências da própria blogosfera. Os objetivos podem ser redefinidos. O nicho pode ser reespecificado. A audiência cresce e diminui. Faça seu melhor possível ao determinar os objetivos e nicho, mas não os negligencie.

UMA CELEBRIDADE CHAMADA “CONTEÚDO”

Penso que o termo mais repetido pelos problogueiros é “conteúdo de qualidade”. Parece lógico que o blog tenha que ter conteúdo e que este seja bom. Mas a verdade é que muitos iniciantes acham que um blog é um site com alguns artigos e cujo sucesso depende apenas da divulgação.

conteudo

PRODUTIVIDADE

A criação de conteúdo, no começo de um blog, segue o giro do sol e deve renovar-se diariamente (semanalmente, pelo menos). Isso mesmo, a referência temporal para atualização de seu blog é o dia.  Parece racional, analisando que, se você fosse leitor de seu blog, com que frequência gostaria de receber atualizações? Cinco artigos por semana mostra-se profissional, mas é você quem determina sua produção. Esse parâmetro é apenas referencial e comum entre os probloggers.

No entanto, a qualidade deve sempre prevalecer sobre a quantidade. Se seus artigos forem somente para “encher linguiça”, procure outros intervalos de publicação (dia sim, dia não; a cada 3 dias). Muitos fatores externos concorrerão para que você não atinja as metas, mas procure mantê-las dentro do possível. Considere também antecipar e agendar artigos, quando se encontrar com tempo.

RELEVÂNCIA

Ser relevante é escrever artigos de importância. Os únicos artigos importantes são aqueles que interessam ao seu público e dão soluções aos problemas dele. Saber dar às pessoas o que elas esperam é uma arte. Não se trata de você expor o que sabe, mas descobrir e satisfazer as necessidades de seus leitores.

CRIATIVIDADE

Trata-se do famoso problema da ausência de idéias. Há uma cura para isso e muitos blogueiros experientes ensinam técnicas para que não nos falte inspiração. Além de ter que produzir uma quantidade respeitável de artigos, o conteúdo deve ser relevante e inserto no nicho. Essas idéias nascem de seu próprio conhecimento, de artigos de outros blogueiros, da leitura das redes sociais, do nada…

Muitos idéias nos ocorrem inoportunamente e geralmente não as anotamos, o que é um erro. Elas se esvaem. Anote sempre suas idéias e inspire-se nos artigos e comportamentos dos demais blogueiros, atentando sempre para que não ocorra plágio. Durante esse processo vão minar idéias em sua cabeça. Por exemplo, enquanto eu escrevia este artigo veio-me uma idéia fantástica para um ebook de altíssima relevância para o nicho.

KNOW-HOW

Quando você adentra a blogosfera, traz consigo sua bagagem de conhecimento. Se você for especialista em sua área, isso fará bastante diferença. No entanto, mesmo que seu capital cognitivo seja modesto, a blogosfera é capaz de alterar esse cenário drasticamente através da pesquisa, desde que você se disponha a percorrê-la.

Mas logo a balança aprender-produzir deverá pender para a produtividade, pois isso é o que interessa. Cuidado para não ser tornar um eterno neófito da blogosfera. Priorize a produção de conteúdo, quando sentir que seu tempo de aluno terminou.

TEMPO, TEMPO, TEMPO!

Sou blogueiro em tempo parcial e trabalho 7 horas diárias no emprego tradicional. Só isso já aplica uma bordoada na minha jornada bloguista. Ter um dia inteiro para blogar seria de muita valia. Contudo, mesmo pessoas que dispõem de todo o tempo costumam administrá-lo de forma ineficiente.

DISTRAÇÕES É O QUE NÃO FALTA!

Há uma caixinha do mal chamada televisão. Há uma telinha abjeta chamada e-mail. Há dezenas de programas de Desktop abertos. Há o telefone tocando. Há o celular 3G, tablets, iPhone, iPod, iPed! Há a manutenção do corpo físico. Há família. Há escola e faculdade. Há compromissos. Há a preguiça. Há a procrastinação.

Porém, se você não arranjar tempo para escrever seus artigos, nem dispuser de recursos para terceirizar essa tarefa, quem irá resolver isso para você?

ONDE SE ESCONDE O TEMPO?

“Domar” o tempo é uma tarefa que exige disciplina e compromisso, tanto consigo mesmo, quanto com seus conviventes. A única forma de obter mais tempo é surrupiando-o de outras atividades que exercemos, muita delas improdutivas. Devemos realizar algo muito doloroso chamado mudança de comportamento,  remodelando a utilização de nosso tempo pela aplicação de juízo de prioridades e concessões. Talvez fazendo essa reavaliação, você chegue até a conclusão de que não é hora de fazer um blog.

Depois de eliminarmos, recursarmos e planejarmos as tarefas prioritárias, obtemos o tempo para a produção de nossos artigos e gerência do resto do Funil de Marketing.

O CARA QUE SABOTA SEU TEMPO É…

Então sobrevém um ladrão de tempo que estava velado: você mesmo. Por que você escreve somente um artigo por semana, se poderia escrever três? Avalie a maneira como sua mente trabalha e observe como ela está impregnada de confusão, manias, desordem e excesso de zelo (isso vale para mim mesmo).

Gato Risonho

Um artigo possui tema, começo, meio e fim. Antes de começar a escrever, você já tem isso em mente? Podemos aqui variar a frase do Gato Risonho para “se não importa por onde se vai, muito menos importa quanto tempo vai ser gasto”. Se seu objetivo é escrever um artigo, quantos caminhos existem para atingir esse objetivo? Há muitos caminhos. Pense nisso e na importância que é monitorar o modo como sua mente trabalha.

OS FERAS DA BLOGOSFERA

A minha blogosfera envolve negócios online, Marketing Digital e produtividade. Já li muita coisa e conheci muito blogueiro bom. Caso você tenha um interesse por um nicho similar ao meu, clique aqui para conhecer nossa lista de blogueiros e empreendedores eminentes, os “blogoferas”.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *