Divulgação grátis com slides PowerPoint – PPS e PPT

Tempo de leitura: 9 minutos

Há inúmeras maneiras de se fazer divulgação grátis através da Internet. Muitas dessas técnicas estão à vista das pessoas o tempo todo, mas estas não as percebem. Aqueles que conseguiram notar o potencial desses métodos gratuitos estão obtendo sucesso através da aplicação sistemática de tais técnicas. Mas o segredo não reside somente em conhecer os métodos de divulgar gratuitamente, mas em aprender a utilizá-los de maneira correta. O que para alguns é um remédio, para outros pode se tornar um veneno, quando a dosagem estiver fora da medida.

PowerPoint

Por exemplo, veja o caso das redes sociais. Você já deve ter observado no Facebook, e em outros aglomerados sociais, que algumas pessoas simplesmente “atiram” propaganda de seus negócios na cara dos outros, acreditando que, quanto mais atirarem, mais visitas terão em seus sites. Eles cometem o erro básico de utilizarem a rede social como um mero classificado de anúncios em vez de lhe dar sua destinação original: o relacionamento entre pessoas. É um tiro no próprio pé. Muitas vezes esses “marketeiros” nem sequer se dão ao trabalho de preencherem seus perfis. Redes Sociais não é o assunto deste artigo, mas indico sobre o tema o ebook grátis “Ganhar Dinheiro com Hi5” de Rui Gabriel, um Internet Marketer português com o qual tive contato este ano através de minhas pesquisas no campo do Marketing de Atração.

Bom, mas o tema deste artigo é divulgação grátis com PPS. Na verdade nunca li ou escutei qualquer um dos Internet marketers que conheço (entre eles Fernando Augusto, Dani Edson, Sílvio Fortunato ou o próprio Rui Gabriel, entre outros) falarem das apresentações do PowerPoint como recurso de divulgação grátis. Para muitas pessoas, receber PPSs é uma coisa irritante. Eu lhe pergunto: você já segurou a tecla de espaço de seu teclado para os slides passarem voando? Se não o fez, pode atirar a primeira pedra. Os amigos que temos certamente são ótimas pessoas, mas aqueles PPSs que eles enviam… huuuummm!

Que PPS maçante!

Mas o que há de bom no PPS que possa elegê-lo uma ferramenta de divulgação gratuita? A principal característica publicitária do PPS é sua disseminação viral, o que significa que uma pessoa envia a apresentação para várias pessoas e estas, por seu turno, reenviam para outras de forma multiplicativa. O que pode crescer geometricamente. Não há novidade nisso: disseminação viral é semelhante àquelas antigas correntes que as pessoas enviavam pelo correio em troca de algum troco (o que era ilegal por envolver dinheiro no esquema). Também envolve o mesmo princípio do boca-a-boca do Marketing Multinível. E ainda nos remete ao conceito de alavancagem, a menina-dos-olhos de todo Internet Marketer. Espantosamente algumas pessoas até hoje teimam em fazer correntes e pirâmides de dinheiro. De vez em quando recebo um e-mail desse tipo. E você? O que quero dizer, em resumo, é que não devemos desprezar formas de divulgação que possuam a alavancagem como uma de suas  características.

Alavancagem: multiplicação de tempo e esforço

Além do Marketing Viral, a divulgação grátis com PPS também é portadora da imprescindível virtude da legitimidade do remetente. Em outras palavras, se a pessoa recebe um PPS de um amigo, é uma mensagem; agora, se a pessoa recebe um PPS de um desconhecido, é um SPAM. Compreendeu? O que acontece, na verdade, é que o envio de PPSs possibilita o recrutamento de um exército de mensageiros legítimos e lícitos para enviar uma mensagem que, se fosse encaminhada diretamente por nós, seria por definição SPAM.

 

 

COMO FAZER?

Você deve estar pensando que terá que criar um PPS do zero, mas o mais provável é que você utilize um bom PPS que já tenha recebido (por disseminação viral, certo?) em sua caixa de e-mails. O exemplo que coloco abaixo, foi modificado a partir de um PPS que eu recebi de um amigo. Aliás foi esse PPS que me inspirou a escrever este artigo.

Siga simples três passos: 1) coloque seu anúncio ao final do PPS; 2) garanta que o PPS esteja doando alguma coisa para quem o recebe; 3) peça “por favor”.

1) Anúncio Simples. O anúncio deve ser pequeno, direto e estético. Não irrite o leitor. Seja curto e fino. Aconselho fortemente o uso de uma imagem relacionada ao que se anuncia, pois ela transmite rapidamente a mensagem. O texto deve ser mínimo (título, corpo e o chamativo “Clique Aqui”). Escreva sempre “Clique Aqui” no pé do texto, pois isso incita a ação do leitor em clicar no anúncio (“coisas do subconsciente”). O título e o “Clique Aqui” devem estar destacados. O bom título é aquele que transmite a mensagem, mesmo que o corpo do texto não exista.

Lâmpada ecológica

2) O Princípio da Generosidade. Claro que o PPS não vai conter apenas o anúncio. Este vai de carona. Se o PPS for uma droga, o leitor não vai nem chegar ao final da apresentação, ou vai se irritar e mandar seu anúncio para as cucuias. O que motiva uma pessoa a ler um PPS recebido por e-mail é principalmente a consideração à pessoa que o enviou, que não será você na maioria das vezes, mas o efeito viral. Depois de aberta, aí sim a sobrevivência da apresentação vai depender do material que você criou. Como estamos falando do Princípio da Generosidade, você deve se perguntar: doar o quê no PPS? Isto: risos, emoção, estética, testes de QI, provérbios, pensamentos e ensinamentos profundos; em suma, coisas extremamente interessantes ou úteis. Na minha opinião, PPSs de humor são de arrasar. Todo mundo gosta, comenta e repassa.

 

 

Jamais envie PPSs maçantes ou irritantes. Um PPS será irritante quando:

i) for muito longo;

ii)  contiver muitas palavras nos slides;

iii) contiver animação no texto e nas imagens. Não faça isso. Animação somente uma vez ou outra e tem que ser daquelas rápidas. Na maioria das vezes, um texto seco e encravado no slide será melhor. Animação em slides é uma questão de sensibilidade. Observe os slides que você recebe e analise como se sente ao lê-los. Mas esta não é uma regra rígida. Muitas vezes um conteúdo de qualidade e uma formatação estética dos slides fazem passar despercebidas as animações.

iv) impor a velocidade de leitura. Permita que o usuário possa clicar à vontade para avançar os slides. Se for determinar o tempo de leitura, que seja de avanço rápido;

v) não contiver música, nem imagem. Música ajuda muito, especialmente quando ela casa com o tema do slide, e as imagens constituem a própria essência de uma apresentação em PowerPoint;

vi) impor crenças ou opiniões pessoais no conteúdo;

vii) pedir para enviar para um número x de pessoas. Alguns até previnem que você terá sérios problemas se não reenviar a mensagem.

Resumindo a questão do conteúdo do PPS, dê entretenimento às pessoas.

3) Peça “por favor”. Quando o leitor dos slides se depara com uma propaganda na apresentação, ele pode se sentir usado. Isso porque ele certamente estará ciente de que enviará anúncios de pessoa desconhecida para seus amigos. O usuário pode se sentir como uma marionete. Portanto, antes de apresentar o anúncio, escreva um pequeno slide de agradecimento e solicitação de ajuda ao leitor.

 

 

Faça-o sentir-se como se estivesse prestando auxílio a alguém que precisa: você (“tadinho”). As pessoas gostam de ajudar. Isso afasta o problema do leitor se sentir usado, ou dos amigos dele acharem que ele está sendo usado, além de atribuir a ele um status de benevolência. É claro que nem todos irão repassar sua apresentação, mas se ela for muito boa e doar entretenimento, a possibilidade da apresentação ser apenas vista e descartada é baixa, pois as pessoas querem doar entretenimento aos seus amigos também.

RECURSOS

Nada melhor do que um caso concreto para se entender o que foi exposto. Clique aqui e baixe o exemplo de PPS que contém os pontos que discutimos acima. Veja a apresentação. Você ficou ou não ficou com vontade de repassar para frente?

Além de você enviar seus PPSs para seus amigos e conhecidos, ainda pode cadastrá-los em sites especializados em compartilhamento de slides, notadamente o Slideshare e o SlideBoom. Além de elas serem automaticamente indexadas no Google, as apresentações ainda podem ser distribuídas através de downloads e embutidos em blogs e sites na Internet. Por exemplo, há um ano atrás eu cadastrei um slide denominado “Frases Célebres de Albert Einstein”. Se você buscar no Google a frase “frases célebres de albert einstein“, vai encontrar meu slide na primeira página do Google, provavelmente no primeiro lugar. Se retirar o termo “célebres”, ainda assim encontrará a apresentação nas primeiras páginas das buscas. Percebe o poder desses sites compartilhadores de slides? Veja os dois exemplos a seguir do nosso slide modelo.

Se você tiver novas idéias e opiniões sobre o tema, escreva-nos um comentário a respeito. Se este artigo lhe foi último de alguma forma, agradeça-nos aplicando o Princípio da Generosidade e envie o PPS que você baixou aqui para seus amigos. Vai ser uma mão na roda para nós. Muito sucesso!

 


Blog Instantâneo Gustavo Freitas

10 Comentários


  1. este é um site simples para todos os ínternaltas e leigos pois contém vários vídios, textos, muito fácil de aprender.

    Responder

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *