Como ganhar dinheiro na Internet com a Lei das Médias e blogs

Tempo de leitura: 7 minutos

A Lei das Médias afirma que uma determinada proporção sempre surge nas atividades que realizamos com frequência. Por exemplo, se jogamos 10 sementes ao solo e 9 germinam, então, se jogarmos 100 sementes, 90 delas germinarão. Se jogarmos 1.000 sementes, 900 germinarão. A proporção nesse caso é 9/10.

A primeira vez que ouvi falar da Lei das Médias foi através do trabalho de Robert Abraham Abergel, isso ainda na década de 90. Abergel certamente foi um dos precursores dos sistemas de afiliados, tendo realizado esse trabalho ainda em fita K-7. Lembro dele afirmar que, se mostrássemos nossa oportunidade de negócio para 100 pessoas, então 5 se interessariam e 1 compraria. Algo assim.

 

sementes a beira do caminho mao de jesus cristo lei das medias parabola do semeador

 

Essa é a Lei das Médias: se você expõe seu produto, serviço, sistema de afiliados ou outra oportunidade para as pessoas com frequência, você observará que aquelas que se interessarão pelo que você comercializa farão parte de uma pequena parcela (ou proporção) desse universo de pessoas.

 

 

Costuma ser uma porcentagem bastante pequena. Você notará que, depois que essa lei começa, ela tende a persistir, isto é, se você faz as mesmas coisas, do mesmo jeito, com o mesmo público, a proporção será mantida.

E daí? Daí que, se você aprendeu a fazer uma venda expondo seu produto para 10 pessoas, automaticamente você adquiriu o conhecimento para fazer 10 vendas, expondo seu produto para 100 pessoas. Se quiser fazer 200 vendas, exponha seu produto para 2.000 pessoas.

 

Duas dificuldades em contactar pessoas

ATRAÇÃO E REJEIÇÃO. Durante o tempo que atuei como distribuidor de Marketing Multinível, entendi o que é sofrer com a rejeição. Graças a Deus, o que ficou gravado em mim não foi essa parte dura do negócio, mas sim o princípio da alavancagem e a Lei das Médias. Infelizmente, hoje em dia o que se vê são muitos empreendedores imediatistas que desistem de seus negócios após receberem alguns “nãos”. Se você mexe com Marketing Multinível, por exemplo, algum de seus mentores já lhe deve ter dito que receber “nãos” é uma coisa positiva, já que para 10 “nãos”, um dirá “sim”. Ciente disso, você então irá buscar receber 1.000 “nãos”, o que significará 100 negócios fechados. Continue lendo e você conhecerá uma maneira de não mais precisar ouvir “nãos”.

Marketing de Rede Multinível MMN

 

Há duas formas de se contactar pessoas: ou você vai até elas, ou as atrai até você. A rejeição é bem maior na primeira. Hoje prefiro desenvolver a segunda forma, ou o que se chama Marketing de Atração, isto é, prefiro indicar onde está o peixe (e quem quiser comprar que o compre).

 

 

Particularmente, considero essa abordagem bem melhor do que empurrar nossa oportunidade de negócio goela abaixo nas pessoas. Mais à frente no texto, vou lhe indicar como usar os blogs para evitar situações de rejeição.

A 1ª DIFICULDADE: A FORMA DE TRABALHAR. No que diz respeito ao trabalho de contactar os candidatos, duas dificuldades principais se apresentam. A primeira é o método de trabalho primitivo. Como é possível para um ser humano normal contactar, digamos, 200 pessoas todos os dias? Geralmente essa tarefa é reservada a palestrantes, pois estes não vão até as pessoas, mas elas é que vão a eles. Eles realizam Marketing de Atração. A maioria das pessoas, por seu turno,  têm que se virar e ir à luta: falar com amigos, conversar no ônibus, fazer centenas de ligações, panfletar e o escambau. Há empreendedores ótimos nesse tipo de tarefa, mas há outros que não se encaixam nesse tipo de marketing de abordagem.

A 2ª DIFICULDADE: A MÁ QUALIDADE DOS CONTACTADOS. A segunda dificuldade diz respeito à qualidade das pessoas contactadas (conhecida como visitas qualificadas entre os blogueiros). Refiro-me à qualidade empreendedorista dos prospectos. Claro que a proporção da Lei das Médias obtida seria muito maior se contactássemos 200 empreendedores, em vez de 200 indolentes. Quem não gostaria que as pessoas com espírito empreendedor fossem fosforescentes entre as demais? Seria bem mais fácil encontrá-las.

 

Como o blog resolve essas duas questões

TRABALHE NO MAPA EM VEZ DE PEGAR A ESTRADA. Este blog ficou alguns dias sem atualizar. Compreendi que era hora de parar tudo e aprender o óbvio: como construir um blog sério. Por quê? Porque acredito que é realmente possível trazer milhares de pessoas diariamente ao blog através de um trabalho persistente e, em seguida, aplicar a Lei das Médias a essa população de transeuntes. A era da informação pede métodos mais sutis de trabalho; chega de pegar a estrada, vamos trabalhar no mapa e aprender como ganhar dinheiro na Internet.

Mão digitando no teclado do computador era da informação

 

APRENDA A CONSTRUIR UM BLOG SÉRIO. O bom do blog é que, além de realizar Marketing de Atração, ele ainda cuida de tratar das rejeições para você. Se você for disciplinado(a) e fizer a lição direitinho, com certeza seu blog vai disparar de visitas. Se você for mais disciplinado(a) ainda, seu blog vai entupir de visitas qualificadas. Isso é o que é importante: qualidade de visitas.

 

 

A construção de um blog profissional segue regras básicas e finitas, tais quais definir de forma específica o que se vai escrever, para quem será escrito, a qualidade e relevância do conteúdo, as técnicas de divulgação e otimização, além da aplicação de outros bons hábitos cuja lista foge do escopo deste artigo.

UM BLOG SÉRIO TRAZ VISITAS QUALIFICADAS. Segundo Dani Edson, autor do Kit Ganhe Dinheiro On-line, do qual sou afiliado, a proporção de vendas de seu kit é a seguinte: a cada 200 visitas qualificadas, 3 fazem o pedido e uma abre o bolso para pagar (achou ruim? Mas é assim!). O que o Dani Edson quis dizer com “qualificadas” é que os visitantes do blog chegaram lá em busca de uma oportunidade de negócio, “coincidentemente”, ele tem essa oportunidade para oferecer. Eles não vieram saber sobre futebol, notícias, diversão, ou mesmo divulgar um negócio que já desenvolvem. Eles vieram atrás de um peixe que ele vende, isto é, um método para aprender como ganhar dinheiro na Internet. No popular, juntou-se a fome com a vontade de comer.  Não é coincidência, mas um trabalho sério com blog.

PEIXE PARA GATO, ALFACE PARA LEBRE. Uma das vantagens dos blogs é que você pode concebê-lo de forma a atrair gato para peixe e lebre para alface. Não adianta trazer lebres ao blog, se você vende peixes. Você pode otimizar seu conteúdo para obter cada vez mais visitas de qualidade e, com isso, aumentar a proporção da Lei das Médias, além da possibilidade de criar grandes quantidades de tráfego para seu conteúdo. Como se faz? Simples e repito: aprenda a construir um blog profissional. Pare de perder tempo com “achismos” e tentativas-e-erros.

gato pensando observando peixe aquário água

Como ganhar dinheiro na Internet com a Lei das Médias e blogs

Crie um blog sério. Se assim o fizer, automaticamente você terá milhares de visitas, na maioria qualificadas. Seu blog será um avenida por onde transitam uma grande quantidade de clientes em potencial. Já escrevemos algumas matérias sobre a construção de blogs profissionais e indicamos alguns ebooks, veja a seguir:

 

Ebook grátis “Como Transformar seu Blogspot em um Blog Profissional”

Blog: a melhor técnica de divulgação da Internet

Palestra “Desenvolvimento Profissional de Blog por Marcos Lemos”

Ebook grátis “De Desconhecido a Problogger”

Após construir seu blog, encaixe suas oportunidades, produtos, serviços e espaço de divulgação por toda essa avenida. Então, observe a Lei das Médias em ação. No entanto, a sutileza do produto que você oferece deve, de preferência, harmonizar-se com a sutileza da era da informação: comercialize informação (como o Dani Edson) em vez de cacarecos; desenvolva MMN com produtos digitais, em vez de produtos concretos; venda ebooks, em vez de livros. Por fim, preze pela qualidade de seus produtos, pela solidez da empresa que os oferece e pelo caráter dos criadores dos sistemas a que você se afilia. Não coloque qualquer porcaria à venda em seu blog.

 


Blog Instantâneo Gustavo Freitas

15 Comentários









  1. Olá Valter, muito bom o seu artigo.
    Também conheci essa lei através do Robert Abraham, em um curso chamado “O Fator da Sorte”, que é muito interessante.
    Concordo que um blog é uma boa forma de divulgar um negócio MMN, e inclusive, estou conseguindo bons resultados com essa tática de divulgação.
    Não existe segredo para usar o Marketing de Atração com blogs, basta escrever muitos artigos de qualidade, e divulgar o máximo possivel, dessa forma o sucesso é uma questão de tempo.
    Abraços

    Responder

    1. Olá, Elias. Obrigado pelo comentário. Concordo com você, conteúdo de qualidade é o ar que o blog respira. Esses dias eu tenho me concentrado muito em aprender a fazer pesquisa antes de escrever conteúdo. Acredito que o caminho é por aí.

      Que blog é aquele que você criou, hein? Show de bola! http://sucessonainternet.net/

      Responder

  2. Walter adorei esse artigo não conhecia ainda sobre esse assunto e logo irei comprar o e-book do Marcos que você até comentou comigo lembra?Então é importante estamos atentos sempre em nosso negócios né você já tinha dito que iria fazer umas mudanças e espero que traga muitos resultados para você.Estou lendo recruta fácil do Silvio excelente também.Bem o blog é um canal muito bacana de comunicação entre você e o mundo estou adorando tudo que tenho aprendido!!!

    Responder

    1. Olá, Vivian. Obrigado pelo comentário. O artigo é o primeiro que escrevo sobre ganhar dinheiro já na intenção de começar a usar as palavras-chaves desse nicho. Logo virão mais, mas reforçados com bastante pesquisa. O ebook Blogar do Marcos Lemos foi o melhor que li até o momento sobre criação de blogs, pois tem o nosso jeito brasileiro e ele vai direto ao que interessa. Grandes blogueiros, como o Paulo Faustino, também o indicam. Do Sílvio Fortunato, li o ebook Marketing de Atração, que muito me inspirou. Eu gravei aquela sequencia dele de 11+8 vídeos grátis em um DVD e vi umas 1000 vezes. O Sílvio é bastante inspirador, ainda mais que me identifico com ele pelo fato de eu também estar vindo do Marketing Multinível.

      Responder

  3. Gostaria de ter a sua ajuda, pois aqui, e preciso de compartilhar com pessoas que acreditam no marqueting de atração,pois os ascendente da polishop onde trabalho como distribuidor independente no MMN. Espero a sua contribuição.

    Responder

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *