Pular para o conteúdo

Três grandes fatores ao escolher um handicap esportivo

Você é um fã de esportes que adora apostar no seu time favorito? Você é um jogador casual ou um apostador esportivo sério? Para jogadores casuais que gostam de investir alguns dólares em um jogo interessante, não há necessidade de pagar por serviços profissionais que dão conselhos de apostas. É apenas um pouco de dinheiro para um jogo interessante e torna a visualização um pouco mais agradável. Mas para aqueles que levam a sério suas apostas esportivas, eles podem considerar contratar um serviço de handicap esportivo.

Em muitos casos, pode fazer sentido contratar um serviço para deficientes, mas você precisa entender exatamente pelo que está pagando. Você não contrata um handicapper (também conhecido como “corsário”) para aconselhamento adicional. Eles não devem ser vistos como apenas mais uma opinião. Se você vai pagar jogadores deficientes, você deve pegar suas dicas e apostar de acordo. Escolher e escolher apostas para jogar pode não ser a melhor estratégia.

Então, vamos supor que você tomou a decisão de contratar um capper porque leva a sério o ganho de dinheiro no mundo das apostas esportivas. O que você deve procurar em sua pesquisa? Apesar do fato de que existem muitas semelhanças em vários cappers, também existem algumas diferenças. Neste artigo, abordaremos três das considerações mais importantes.

À procura de um handicap experiente

Existe um velho ditado de que nada substitui a experiência, e isso é muito verdadeiro no mundo dos handicaps esportivos. Não se engane que um boné esportivo de sucesso requer muito trabalho duro. Há muitas variáveis ​​a serem consideradas e leva tempo para esses caras dos negócios realmente entenderem como fazer seu trabalho de forma eficaz. Geralmente leva muitos anos no negócio. Portanto, procure um handicapper com pelo menos dez anos de experiência em handicap.

Encontre um handicapper que publique os resultados publicamente

Existem muitos handicappers na indústria das apostas desportivas que preferem não revelar a sua identidade e os seus resultados. Isso pode atender às suas próprias necessidades, mas quero saber quem estou contratando e qual é o histórico deles para um fechamento bem-sucedido. Procure alguém que não tenha medo de ser transparente, se não em sua personalidade, pelo menos em seus resultados. É do conhecimento geral que mesmo os melhores handicappers são bem sucedidos apenas 55-60% das vezes. Certifique-se de que a taxa de sucesso do handicap seja de pelo menos 55% para que você possa fazer apostas lucrativas a longo prazo. Afinal, você está pagando a ele por sua experiência e, portanto, ele deve estar disposto a reconhecer todas as suas escolhas.

Verifique se a estrutura de preços se encaixa no seu orçamento

A essência das apostas esportivas profissionais é ganhar dinheiro. A casa de apostas deve receber dinheiro. O handicapper precisa ser pago, e você, o jogador, quer ser pago também. Antes de contratar um handicapper, certifique-se de ter uma compreensão completa de seus preços. Você está pagando por uma assinatura? Em caso afirmativo, quanto tempo leva e a taxa de atualização é a mesma? Calcule a comissão do handicapper em sua fórmula para determinar o quão bem-sucedido você deve ser para obter lucro. Handicaps mais caros são mais adequados para grandes jogadores.

Conclusão

Quem é o melhor handicap esportivo? A resposta pode te surpreender. Existem alguns bons por aí. Se você escolher um que esteja no mercado há pelo menos dez anos, publique seus resultados publicamente e tenha uma estrutura de preços justa, então você fez sua lição de casa e está pronto para mergulhar nas apostas esportivas com um bom parceiro.



Source by Phil Fogliani

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.