Pular para o conteúdo

Como Ganhar Tempo na Internet #7: Conceitos e Otimização do Funil de Vendas

Aprender a automatizar ao máximo os processos do funil de vendas é o que vai liberar tempo para você.

Neste artigo, vamos ver alguns conceitos e táticas de otimização.

12 CONCEITOS DO FUNIL DE VENDAS

Conceitos e nomenclatura de um funil de vendas:

  1. Nicho. Segmento do mercado que você explora. Nichos mais específicos são chamados de subnichos e supernichos.
  2. Tráfego qualificado. Conjunto de visitantes com potencial de consumir o conteúdo e a solução que você oferece.
  3. Página de captura. Página da Web construída com um único propósito: capturar dados dos visitantes, mesmo que seja apenas o e-mail.
  4. Headline. Título de uma página de captura ou assunto de e-mail.
  5. Recompensa. Brinde ou isca (ebook, vídeo, etc) que se oferece ao visitante na página de captura para que deixe seus dados.
  6. Conversão. Mudança de condição (status) em que o visitante se encaixa quando deixa seus dados (e-mail) ou efetiva uma compra. 
  7. Lead. Visitante que deixou seus dados, mesmo que só o e-mail.
  8. Lista. Banco de dados com as informações dos leads.
  9. Autorresponder. Também conhecido como Automation. Programa que envia mensagens de e-mail agendadas, criando relacionamento com os leads (lead nurturing).
  10. Taxa de Entrega. Porcentagem de leads que receberam o e-mail.
  11. Taxa de Abertura. Porcentagem de leads que abriram o e-mail.
  12. Taxa de Cliques. Porcentagem de leads que clicaram em algum link no texto do e-mail. [+]

OTIMIZAÇÃO DO FUNIL

Se você conseguir criar um Funil Automático de Vendas no qual você investe R$ 1 e ganha R$ 2, então você está rico! O resto é aritmética. Investindo R$ 100, você ganha R$ 200; investindo R$ 1.000, você obtém R$ 2.000. Isso é um Ativo Digital.

AS 3 CHAVES DO FUNIL DE VENDAS

O quanto você ganha com um funil de vendas está diretamente relacionado a três valores:

  1. a quantidade de visitantes que você atrai,
  2. a Taxa de Conversão de visitantes em leads e
  3. a Taxa de Conversão de leads em clientes

Tendo criado um funil que gera lucro, o próximo passo é escovar esses três valores até que eles fiquem ótimos.

O PODER DO COPYWRITING NA OTIMIZAÇÃO

Por mais estranho que pareça, essas taxas são alteradas mexendo nos textos, títulos e estética das páginas de captura e de venda.

Isso se chama copywriting, uma técnica que insere persuasão na mensagem.

A INFLUÊNCIA DA ABERTURA E CLIQUES NOS EMAILS

Você observará também que a Taxa de Conversão em clientes está diretamente ligada a duas outras taxas: i) a Taxa de Abertura dos e-mails e ii) a Taxa de Cliques nos e-mails, onde o copywriting também é aplicado.

Por exemplo, se você atrai 1.000 pessoas para seu funil e 400 deixam o e-mail, então sua Taxa de Conversão em Leads é de 40%. Se, dessas 400 pessoas, 20 pessoas comprarem (5% de 400), então sua Taxa de Conversão em Vendas é de 2% (5% de 40%).

Parece pouco? Saiba, porém, que os nichos que são explorados na Internet costumam ter dezenas, centenas de milhares de indivíduos. Mesmo blogs mal cuidados atraem 200 pessoas por dia. No mundo online, as grandezas possuem outras proporções. [+]

CONCLUSÃO

Conheça 12 conceitos necessários para você otimizar o final de vendas. Há três valores chaves na otimização e mais dois nas taxas de emails.

Por incrível que pareça, o copywriting possui uma importância enorme na otimização e, por consequência, nos ganhos gerados pelo funil automático de vendas.

E VOCÊ?

Sabia dessa influência do copywriting e das taxas de email nos seus ganhos? Você já montou um funil automático de vendas? Compartilhe sua experiência e sua opinião conosco nos comentários abaixo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.