Nichos Para Blogs: Como Definir o Seu

O conceito de nicho transmite a ideia de “subconjunto”.

Nichos são segmentos de mercado com necessidades específicas. Essas necessidades definem as características dos produtos, serviços ou informações que o público-alvo desse segmento deseja consumir.

EXEMPLO DE NICHO: FERRARIS

Por exemplo, os potenciais compradores de Ferraris compõem o público-alvo de um segmento específico do mercado de automóveis, pois eles não desejam apenas comprar um carro; eles querem:

  1. um carro importado, 
  2. de luxo e 
  3. tem que ser uma Ferrari. 

NICHOS, SUBNICHOS, MICRONICHOS: É ISSO AÍ, BICHO!

Os nichos subdividem-se e aprofundam-se em segmentos cada vez mais específicos, podendo ser explorados em qualquer um dos subníveis.

Exemplo: nicho de produto: carros → carros importados → carros importados de luxo → carros importados de luxo Ferrari, etc.

POR QUE ESPECIFICAR UM NICHO?

Especificamos o nicho para encontramos demanda, fazer frente à concorrência, encontrar compradores qualificados e racionalizar nossos recursos.

ENCONTRAR DEMANDA

Nichos populares e abrangentes são dominados pelas grandes marcas.

Para quem está iniciando a exploração de um mercado, o mais sensato é procurar brechas onde as marcas populares não conseguiram adentrar ou não souberam suprir as necessidades do público.

DIMINUIR A CONCORRÊNCIA

Quanto mais específico for o nicho e suas necessidades, mais especializado você se torna em supri-lo.

A especialização em atender as necessidades do público concede vantagem frente à concorrência, já que satisfaz anseios do mercado que essa concorrência falhar em suprir.

ENCONTRAR COMPRADORES QUALIFICADOS

Clientes em potencial que se encaixam em nichos específicos apresentam-se mais propensos ao consumo, pois eles se encontram em etapa adiantada do processo de compra.

Eles sabem o que querem, pesquisaram e avançaram em sua decisão de adquirir o produto, serviço ou informação.

CORRESPONDER OS RECURSOS À REALIDADE

A especificação do nicho possibilita a concentração de recursos e esforços e também facilita a administração do projeto.

Se você escolhesse, por exemplo, um nicho muito abrangente como “Internet“, que direção iria tomar? Você precisaria de muito recurso de tempo e esforço para desenvolver um tema tão amplo.

COMO ESCOLHER O NICHO?

Se você é um candidato a blogueiro, sugerimos cinco critérios que você deve levar em consideração antes de começar qualquer coisa:

  1. Interesse
  2. Competência
  3. Demanda
  4. Concorrência
  5. Rentabilidade

Medite sobre eles.

INTERESSE E COMPETÊNCIA

Procure explorar assuntos pelos quais você sinta interesse verdadeiro ou possua competência na área.

MELHOR INTERESSE DO QUE COMPETÊNCIA

Ter somente interesse é melhor do que ter somente competência, porque com aquele você pode adquirir esta, mas a recíproca pode não ser verdadeira.

Se você possui os dois, melhor ainda!

O INTERESSE GENUÍNO MOTIVA

O que não é aceitável é começar um empreendimento e não concluí-lo por desmotivação.

Você vai precisar estudar, pesquisar e gerar bastante conteúdo dentro da área escolhida. Se seu interesse não for genuíno, a tendência é você desistir após alguns meses de trabalho.

DEMANDA E CONCORRÊNCIA

Quando escolher seu nicho, verifique se há público e disposição de consumo para ele (demanda).

NICHO MUITO FUNDO

Suponha que você exagerou na profundidade do nicho a explorar:

  • internet → 
    • marketing digital →
      • geração de tráfego →
        • search engine marketing →
          • seo →
            • seo on-page →
              • indexação

Será que há público razoável para um nicho tão específico?

NICHO MUITO RASO

E se você decidir falar sobre Internet Marketing em geral ou escolher um assunto já explorado pelos outros?

Está disposto a encarar a concorrência? Acha que possui algum diferencial que lhe dê vantagem? Na blogosfera, será que você poderá explorar um ângulo ainda não tratado pelos demais blogueiros?

RENTABILIDADE DO NICHO

Certamente você vai querer ganhar dinheiro com o nicho que escolher.

Ganhar dinheiro não deve ser a motivação primordial para desenvolver seu tema. Dinheiro é conseqüência.

COMO VOCÊ VAI RENTABILIZAR NESSE NICHO?

No entanto, se deseja rentabilizar seu trabalho, deve verificar previamente se há possibilidade de gerar renda dentro do nicho que você optou desenvolver.

Será que existe algum produto ou serviço relacionado ao nicho que você possa oferecer? As pessoas pagariam pela informação que você distribuirá? Pense nisso.

O NICHO DO BLOGUEIRO É UM MENU

O mundo real trabalha com produtos e serviços. Um blogueiro trabalha com informação.

TÓPICOS QUE NORTEIAM

A melhor maneira de um candidato a blogueiro definir e visualizar concretamente seu nicho é construir uma árvore de tópicos e subtópicos que serão abordados em seu blog, um menu de tópicos. Ele serve para estruturar e hierarquizar assuntos, temas e apontamentos.

Não estamos ainda falando em gerar conteúdo, mas em “gerar um norte”. O menu do blog Divulgar Dinheiro ilustra essa ideia.

CONCLUSÃO

Nichos são segmentos de mercado com necessidades específicas. Especificamos nichos para i) encontrar demanda, ii) diminuir a concorrência, iii) qualificar compradores e iv) convergir recursos.

Os cinco requisitos para a escolha de um nicho são interesse, competência, demanda, concorrência e rentabilidade.

E VOCÊ?

Você já se certificou de que está trabalhando em um nicho bem escolhido? Acha que precisa abrir ou fechar mais o nicho? Compartilhe suas ideias, dúvidas e opinião sobre nichos para blogueiros nos comentários abaixo.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.